© 2015 por Clinica Politano

 

O Dispositivo intra-uterino é um método secular para planejamento familiar mas que nos últimos 50 anos teve um impulso devido ao aperfeiçoamento dos modelos estando hoje ente um dos métodos mais seguros e eficazes.

 

O QUE É O DIU?

DIU é uma sigla para “dispositivo intrauterino”, um método contraceptivo reversível utilizado por mais de 16 milhões de mulheres em todo o mundo.O DIU é um artefato de polietileno, com ou sem adição de substâncias metálicas ou hormonais, que exerce efeito anticonceptivo quando colocado dentro da cavidade uterina de uma mulher.

 

quais são os modelos?

Aqui no Brasil os DIUs mais usados são os de cobre T de Cobre e o Multi load e o com hormônio - Mirena. O Mirena , também conhecido como DIU Mirena, na verdade é um SIU – sistema intra-uterino – porque na haste vertical tem um cilindro que libera hormônio diariamente e também pode ser usado também no tratamento de miomas , adenomiose e sangramento.

 

Como atua o DIU? e o SIU - Mirena?

No caso do DIU de cobre por ação local do metal ocorre uma alteração do muco cervical (do colo uterino) inibindo a mobilidade dos espermatozoides, provocando uma irritação no endométrio (revestimento interno do útero) e dessa forma inibindo a implantação do ovo no útero. No caso do Mirena ele é mais eficaz, pois as alterações bioquímicas no muco do colo uterino, a progressiva atrofia do endométrio e ação na mobilidade dos espermatozoide são mais evidentes. Em alguns ciclos ele pode inclusive bloquear a ovulação.

 

quem pode usar?

Não existe restrição de idade, nem há necessidade de ter gestações prévias. O que precisa sim, é uma informação antecipatória sobre os possíveis efeitos colaterais, ainda que temporários ou não.

 

O DIU previne Doenças Sexualmente Transmissíveis??

Absolutamente. Qualquer relação deve ser protegida com o uso de camisinha masculina ou feminina.

 

Quando usar o DIU ou o Mirena?

Ambos são eficazes mas tem suas características individuais:O DIU de Cobre é a melhor opção para quem não pode ou não quer usar hormônio, para aquelas que querem continuar menstruando, para uso de contracepção de urgência e as mulheres que desejam um método para um período mais longo ( o DIU de cobre pode ficar 10 anos e o Mirena 5 anos). Já o Mirena é a primeira escolha para aquelas mulheres que tem fluxo aumentado e querem reduzi-lo , para melhorar as cólicas e naquelas com endometriose. miomas e adenomioses.

 

O DIU e o SIU podem ser colocados no consultório?

Sim. Em alguns casos se faz uma anestesia local e muito raramente necessita internação. O controle do dispositivo é realizado nas consultas de retorno complementado ou não pela ultrassonografia.